Quarta-feira, 21 de Setembro de 2011

Urban

Zacchary Buzz deixa a sua família de agricultores para ir para Monplaisir, uma grande cidade dedicada ao lazer, ao jogo e aos prazeres... Ele tem como modelo Overtime, o maior vigilante de todos os tempos, e ele sonha em integrar a melhor polícia do mundo: Les Urban Interceptor.

Monplaisir é uma sociedade híper controlada, liderados pelo omnipresente Springy Fool. Com uma quantidade enorme de câmaras e de ecrãs gigantes, a cidade inteira pode acompanhar ao vivo todos os movimentos dos seus habitantes. Monplaisir está também sob o controle do A.L.I.C.E., um sistema automatizado que de robôs, que dão caça aos ladrões, através de métodos bem musculados... Este sistema permite que a polícia possa lidar com os verdadeiros crimes, porque detrás da festa e diversão, encontraram os corpos mutilados de vários jovens. O principal investigador é assassinado por Antiochus Ebrahimi.

A investigação é então entregue ao melhor policia da Urban Interceptor: Isham El Ghellab. Esta caça é apresentada aos habitantes em forma de jogo ao vivo, através da televisão, onde os espectadores podem apostar sobre o assassinato de um dos dois protagonistas. Zach, que sonhava com a justiça, descobre que tudo é violência e cinismo, e que o mundo mágico de Monplaisir é bem cruel ...

 
Urban
1. Les règles du jeu

Editor : Futuropolis
Argumento : Brunschwig, Luc
Desenho : Ricci, Roberto
Paginas : 56




postado por halotuga às 12:52
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 9 de Abril de 2011

Um Sac de Billes

UM SAC DE BILLES – KRIS (argumento), Vincent Bailly (desenho e cor) de uma adaptação de Joseph Joffo.

 

Álbum lançado em Março pelas edições Futuropolis e pré-publicado na revista L’Immanquable nos nº. 1 a 3.

             

Paris 1941, Joseph e Maurice desfrutam da tranquilidade da sua juventude despreocupada. Só que Paris está ocupada pelo opressor Alemão, que se está a tornar cada vez mais ameaçador. Filhos de um barbeiro judeu, rapidamente os rapazes são obrigados a usar as estrelas amarelas na lapela e na escola, os desacatos rapidamente têm inicio.

Sentindo o perigo a chegar o pai decide enviar os filhos para a zona neutra. Começa então a grande aventura de 2 rapazes cheios de dinheiro, mas abandonados a si próprios e que tentam encontrar a família do outro lado da fronteira da guerra…

Os riscos são imensos e as suas vidas estão constantemente em risco.

               

Depois do sucesso do seu excelente álbum, Coupures irlandaises, Kris e Vincent Bailly lançam-se na adaptação de um romance autobiográfico de sucesso, escrito por Joseph Joffo e do mesmo nome, Sac de Billes.

A adaptação é extremamente cativante, não só por ser uma evocação autobiográfica, mas tambem por nos mostrar uma sensibilidade e doçura, que nos arrasta para aquele período negro da história recente, de uma forma bela mas cheia de força. O curso da história evoca-nos a situação difícil da guerra e a limpeza étnica, numa atmosfera carregada de emoções.

 

A ler.               
 

postado por halotuga às 13:22
link do post | comentar | favorito
|

Visitantes

mais sobre mim

O Meu outro BLOG

As Minhas Leituras

Revistas que estou a ler

L'Immanquable - N.7 (Jul-2011)

L'Immanquable - N.6 (Jun-2011)

Lanfuest Mag - N.144 (Jul/Ago-2011)

Lanfuest Mag - N.143 (Jun-2011)

Álbuns que estou a ler

COMANCHE – O Corpo de Algernon Brown de Hermann

As Águias de Roma - Livro II de Marini

Livro que estou a Ler

Braço esquerdo de Deus (O)

histórias recentes

Urban

Um Sac de Billes

Histórias antigas

Novembro 2014

Setembro 2014

Fevereiro 2012

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Maio 2010

Abril 2010

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Novembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


tags

todas as tags

Biblioteca

pesquisar

 

Heroínas

Colombe Tiredaile

Laureline


visitante
blogs SAPO

subscrever feeds