Quarta-feira, 21 de Setembro de 2011

Urban

Zacchary Buzz deixa a sua família de agricultores para ir para Monplaisir, uma grande cidade dedicada ao lazer, ao jogo e aos prazeres... Ele tem como modelo Overtime, o maior vigilante de todos os tempos, e ele sonha em integrar a melhor polícia do mundo: Les Urban Interceptor.

Monplaisir é uma sociedade híper controlada, liderados pelo omnipresente Springy Fool. Com uma quantidade enorme de câmaras e de ecrãs gigantes, a cidade inteira pode acompanhar ao vivo todos os movimentos dos seus habitantes. Monplaisir está também sob o controle do A.L.I.C.E., um sistema automatizado que de robôs, que dão caça aos ladrões, através de métodos bem musculados... Este sistema permite que a polícia possa lidar com os verdadeiros crimes, porque detrás da festa e diversão, encontraram os corpos mutilados de vários jovens. O principal investigador é assassinado por Antiochus Ebrahimi.

A investigação é então entregue ao melhor policia da Urban Interceptor: Isham El Ghellab. Esta caça é apresentada aos habitantes em forma de jogo ao vivo, através da televisão, onde os espectadores podem apostar sobre o assassinato de um dos dois protagonistas. Zach, que sonhava com a justiça, descobre que tudo é violência e cinismo, e que o mundo mágico de Monplaisir é bem cruel ...

 
Urban
1. Les règles du jeu

Editor : Futuropolis
Argumento : Brunschwig, Luc
Desenho : Ricci, Roberto
Paginas : 56




postado por halotuga às 12:52
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 17 de Setembro de 2011

Messalina - O Erotismo e sexualidade na BD

MESSALINA

Acte 1: LE TEMPLE DE PRIAPE 

Argumento e desenho: Jean-Yves MITTON

Colecção: Sexy bulles

Editor: Ange


Resumo do álbum: Ao tornar-se demente, o tirano Caligula reina sobre um império no auge do seu poder. Ele não tem filhos que lhe sucedam. Depois de nomear o seu cavalo Incitatus cônsul, ele casa-se com a sua irmã Drusilla, esperando assim poder ter um filho.

Antes de sair para lutar na Germania, para tranquilizar o Senado para que não conspirem e para apaziguar a multidão, nomeia o seu velho tio Claudius como seu sucessor em caso de a batalha ser fatal. Na verdade, o velho (para a época!) 54, epiléptico, bêbado, gago e coxo, tem algo para tranquilizar Roma, cansado da tirania de Calígula.

 Foi neste ambiente que Messalina, a jovem linda morena com olhos azuis, já provocante e sensual, faz 15 anos, a idade oficial do fim da sua meninice.

Debochada como qualquer em Roma, a sua mãe Domitia Lépida tem intenção de a levar ao Templo de Príapo para ser deflorada pelo sumo-sacerdote Mephileseth. Muitos convidados copulam nos jardins e pátios desta bordel de luxo decorados com frescos e estátuas do deus Príapo, vestindo seu falo enorme e a todos honrado à sua própria maneira. Entre o público, podemos reconhecer Agripina, prostituta bonita e bastante gora, amante do amor erótico e rituais da ordem. Claudius está lá, já na sua sombra, um fiel seguidor do culto de Príapo. Foi ela que submete Messalina e leva-a ao sumo-sacerdote.        
          

Com este iniciador estranho, o veneno da luxúria entra nela. Ela adivinha que com esta arma vai poder dominar qualquer um. Única coisa que lhe falta é o veneno do poder político: os homens de Roma e seu vasto império, e assim o mundo. As termas do Fórum são o local ideal para ser fazer desejada por todos os aristocratas romanos. De acordo com as recomendações de sua mãe antes de encontrar amantes, ele deve primeiro encontrar um marido rico e poderoso! Mas este bordel de luxo não é mais que um asilo de idosos com necessidade de carne fresca.


 

Cansada de tentar encontrar um patrício rico, é através do jovem escravo, guardião dos banhos, Caio Silius que ela vai encontrar a verdadeira emoção, e sem o saber, este bonito atleta de 25 anos será o seu único amor real e verdadeiro da sua curta vida. Além disso, com o seu espírito e beleza, Silius tem outro atractivo: o de conhecer o Mago Simon seu familiar e se submeter a ele, à noite em verdadeiras orgias, após o encerramento dos banhos. 


postado por halotuga às 11:16
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 1 de Julho de 2011

Sangue, sexo e cenários grandiosos

Reconquétes é um excelente álbum ao estilo Jacques Martin, e não evita a triologia que muitas vezes é sucesso garantido: Sangue, sexo e grandiosos cenários.

 

 

Miville-Deschênes e Runberg apresentam-nos a história dos povos Citas que vivem apenas para avançar e ... matar.

 

 

 

 

Runberg dá-nos a conhecer uma parte da história da Ásia Menor através de um fresco histórico, com a Mitoogia própria da época.

 

 

Os personagens estão muito bem representados, os combates e rituais são bastante realistas, e o cenário não fica atrás. O desenho dá vida ao mundo selvagem e violento, bestas mitológicas, e à beleza e sensualidade dos corpos bárbaros.

 

 

Este é um álbum belo a não perder.


postado por halotuga às 11:14
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 2 de Junho de 2011

Haven

 

HAVEN - Exil - volume 1

Argumento de Lamontagne,

Desenho de Kan-J e cor de ZigEnfruke.

 

Ninguém conhece a origem da cidade de Gaskerr. 12.000 habitantes, repartidos por 3 niveis, consoante a sua classe social, e vivem, hà muitos séculos em total auto-suficiência.

 

Um dia, depois de ter roubado as ervas medicinais, o jovem Havené apanhado em flagrante. E a sanção é enorme: ele será expulso. As portas abrem-se...

O odor a carne fresca é intenso... e Haven tenm duas escolhas, o deixar-se devorar vivo pelos Klacks, ou tentar fugir para as Terrasde Néant onde a vida parece ser impossivel...

 

Inicio da história na revista Lanfuest Mag n. 142, com 26 pranchas, ou seja em 2 números temos 1 álbum completo.

 

            

 


postado por halotuga às 12:38
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 9 de Maio de 2011

KGB - Les Démons du Kremlin

             

Na sequência do post sobre a Mossad, nada melhor que agora apresentar um sobre a KGB.

A série KGB já terminada tendo sido editados 4 volumes e aquele que trago hoje é o primeiro volume da série que foi inicialmente publicado na Revista Suprême Dimension Nº. 02 ao 06.

 

 

 

Sinopse

Terror na Rússia ou União Soviética como se chamava na altura! Fevereiro de 1961. As estrelas vermelhas brilham assustadoramente no topo das torres do Kremlin. Nos palácios, os apparatchiks (trabalhadores a tempo inteiro do Partido Comunista da União Soviética) trabalham sem perceber o terrível perigo que os ameaça. Mas o bunker subterrâneo de Staline contém muitos segredos aterrorizantes. Alguns dizem mesmo que eles abrigam demónios de sangue... de sangue comunista.

 

Argumento de Valérie Mangin e desenho de Malo Kerfriden, o argumento apesar de trazer uma nova ideia, Vampiros Comunistas, não é perfeito, muito longe disso; o desenho é escorreito, mesmo se por vezes seja demasiado gráfico e com cores primárias.

 


postado por halotuga às 12:21
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 3 de Maio de 2011

Agents du Mossad

Continuando dentro da temática de Israel, que apresentei num último post, apresento um álbum que saiu precisamente hoje em França, e que aborda este mundo.

A Mossad é um dos mais lendários serviços secretos do mundo.

"Os espiões de Israel " fizeram história ao capturarem um número elevado de nazis exilados e escondidos por todo o planeta. Eles aumentaram a sua reputação ao perseguir alguns terroristas palestinianos. Hoje em dia o seu foco é o movimento radical islâmico e os Estados que considerem um perigo para a existência de Israel, começando com o Irão.

            
 

Esta história em banda desenhada é baseada na rica história de operações espectaculares, claro que de um modo absolutamente livre. O propósito não é a de tornar os agentes da Mossad em heróis, mas é muito mais o de quebrar o mito que os rodeia, colocando os eventos no seu contexto histórico, adicionando uma dimensão voluntariamente ficcionada e romanesca.

 

Argumento de Boisserie e Ploquin e desenho de Siro através das edições "12 bis".

AGENTS DU MOSSAD - Tomo 1 - EICHMANN  

A Mossad tem inspirado muitos filmes e muitos documentos, mas nunca tinha sido adaptado em Banda Desenhada.

A acompanhar.


postado por halotuga às 12:12
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 26 de Abril de 2011

MEZEK

 

1948. A criação do estado judeu não está a correr como o desejado, começando com as bombas egípcias que caiem regularmente em Tel Aviv. Assim como David contra Golias, Israel não pode contar com opositores aos excelentes caçadores que são os "Spitfire" inimigos, que alguns antigos "Mezek" tripulados por voluntários judeus de todos os países, mas também por mercenários com horizontes mais sombrios... Bjorn é um desses, disposto a arriscar a sua vida por alguns milhares de dólares, um preço que permanece cravado na garganta dos seus companheiros de combate, eles, que combatem pelo seu ideal!

  
 
   

André Juillard ilustra esta história com classe e demonstra uma confiança impressionante. Depois de estabelecer os alicerces da moderna BD Histórica com “Les 7 vies de l’Épervier”, Juillard conseguiu impor-se com o seu estilo na renovada série de Blake e Mortimer.

Toda a parte técnica como os aviões, uniformes e demais elementos desta guerra, transpiram autenticidade. Desenho muito clássico, claro e puro.

Yann consegue agregar os seus diversos talentos, e transmite-nos, através do argumento,  uma história épica, nos primórdios da aviação israelita e oferece-nos principalmente uma história de amor poderosa e complexa...

Em suma, Mezek é um álbum de um nível muito alto, trabalhado por dois excelentes autores.

 

Pré-Publicação nos números 3 a 5 da revista L'IMMANQUABLE.

 

MAZEK - one shot; Yann e Juillard, edições LOMBARD

 

A ler com cuidado.


postado por halotuga às 12:40
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 21 de Abril de 2011

Le Chant d'Excalibur


Com a ajuda de algumas “imperiais” e da jovem Gwyned, descendente de Galahad, a quem ele confia a famosa e lendária espada Excalibur, Merlin tenta derrubar e erradicar o cristianismo da velha Irlanda e salvar o mundo da Magia e do encantamento que pouco a pouco estão a ser destruídas pelas novas crenças.

 

Gwyned e Merlin finalmente voltam a pisar solo das ilhas da Grã-Bretanha. Eles têm de chegar a Stonehenge onde um velho druida milenar espera realizar o ritual que devolverá à magia toda a força de antigamente…           

Apesar de a série ter perdido uma parte da sua propensão caricatural ao nível do desenho com Eric Hubsch, Scotch Arleston continua em grande forma neste 6º álbum da série Le Chant d’Excalibur, ao apresentar-nos um argumento rico em humor, com lendas Celtas, comédia, loucura aventura dentro da Heroic-fantasy, numa história que nos continua a envolver.

 

 

Le Chant d'Excalibur - Les Gardiennes de Brocéliande - Tomo 6

Argumento de: Arleston e Melanyn

Desenho de Éric Hubsch

Cores de Lebreton e Esteban


Pré-Publicado iniciada na Revista Lanfeust Mag 133.




postado por halotuga às 12:35
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 14 de Abril de 2011

Questor

 

 

Há muito tempo atrás…

A cidade de Tróia acabou de cair. Os exércitos de Agamennon saqueiam e massacram todos os Troianos. Um dos agressores, cansado desta brutalidade e da guerra, salva Troianos e faz do seu escravo, um homem livre, nesse dia ele resolve mudar a sua vida e tornar-se um Questor: um Investigador.


Muitos anos mais tarde, em associação com o seu antigo escravo, tornou-se num Investigador de nomeada e tentam levar uma boa vida, com muito vinho e belas mulheres, Mas uma noite uma bela mulher oferece-lhe um negócio, que relutantemente acabam por aceitar, ao verem que estranhas máquinas atacam uma pequena vila para matar uma criança.

Eles não sabem que esta missão os vai levar para um outro mundo…           

"Questor" sai este mês em álbum, em França, pela chancela da Soleil.

Questor é uma série de aventura mitológica, onde o humor está sempre presente.

 

Jean-Luc Sala, o argumentista de Cross Fire (já falado num outro post), imaginou toda esta nova saga, com um herói saído da mitologia Grega.

 

O desenho de Saviori é muito bom. O desenho é caricatural, mas muito próximo do semi-realismo. O desenho é nítido, claro e faz-nos reviver com mestria a época da mitologia Grega. Um autor a seguir.

 

Pré-publicado na revista Lanfeust Mag com inicio no nº. 138.

       

postado por halotuga às 12:29
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 9 de Abril de 2011

Um Sac de Billes

UM SAC DE BILLES – KRIS (argumento), Vincent Bailly (desenho e cor) de uma adaptação de Joseph Joffo.

 

Álbum lançado em Março pelas edições Futuropolis e pré-publicado na revista L’Immanquable nos nº. 1 a 3.

             

Paris 1941, Joseph e Maurice desfrutam da tranquilidade da sua juventude despreocupada. Só que Paris está ocupada pelo opressor Alemão, que se está a tornar cada vez mais ameaçador. Filhos de um barbeiro judeu, rapidamente os rapazes são obrigados a usar as estrelas amarelas na lapela e na escola, os desacatos rapidamente têm inicio.

Sentindo o perigo a chegar o pai decide enviar os filhos para a zona neutra. Começa então a grande aventura de 2 rapazes cheios de dinheiro, mas abandonados a si próprios e que tentam encontrar a família do outro lado da fronteira da guerra…

Os riscos são imensos e as suas vidas estão constantemente em risco.

               

Depois do sucesso do seu excelente álbum, Coupures irlandaises, Kris e Vincent Bailly lançam-se na adaptação de um romance autobiográfico de sucesso, escrito por Joseph Joffo e do mesmo nome, Sac de Billes.

A adaptação é extremamente cativante, não só por ser uma evocação autobiográfica, mas tambem por nos mostrar uma sensibilidade e doçura, que nos arrasta para aquele período negro da história recente, de uma forma bela mas cheia de força. O curso da história evoca-nos a situação difícil da guerra e a limpeza étnica, numa atmosfera carregada de emoções.

 

A ler.               
 

postado por halotuga às 13:22
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 4 de Abril de 2011

Pavillon Noir

 

   

No caminho de um improvável tesouro, Dark Dan embarca numa jornada que o levará ao Inferno...

Dark Dan é um pirata. Lacónico, cínico e fleumático, foi o seu mau humor que lhe rendeu o apelido. Líder intransigente, ele lidera os seus homens com punho de ferro, mas o seu senso de justiça, faz dele um capitão querido e respeitado.

 

Este é o argumento de PAVILLON NOIR, 1º volume em pré-publicação na revista L'Immanquable 1 a 3.

 

Com argumento de Corbeyran e desenho de Bingono, este álbum da Soleil, trás-nos um Corbeyran em plena forma, ele que já ganhou um prémio no festival da Sobreda por melhor álbum estrangeiro, e Bingono que além do desenho tambem empresta a cor a este álbum que cria um ambiente absolutamente fantástico.

 

 

 

 


postado por halotuga às 12:25
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 24 de Março de 2011

Lanfeust Odyssey

Lanfeust regressou a Troy depois de passar 2 anos no espaço, só que no Mundo de Troy muitos mais anos se passaram, e as coisas mudaram, novas leis foram promulgadas, ou seja as coisas não vão ser fáceis para Lanfeust, Hébus e companhia. Este é o enredo principal do novo duplo álbum de Lanfeust - LANFEUST ODYSSEY.

 

No segundo e último álbum desta mini-série, e após um regresso bem movimentado a Troy, a certeza que enquanto no espaço passaram 2 anos em Troy passaram 20 anos...  

 

L'ÉNIGME OR-AZUR, 2ª Parte

Com argumento de Arleston, desenhado por Didier Tarquin e cores de Lyse.

 

Editado nos números 133 a 135 da revista Lanfeust Mag.

 

 


postado por halotuga às 13:00
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Visitantes

mais sobre mim

O Meu outro BLOG

As Minhas Leituras

Revistas que estou a ler

L'Immanquable - N.7 (Jul-2011)

L'Immanquable - N.6 (Jun-2011)

Lanfuest Mag - N.144 (Jul/Ago-2011)

Lanfuest Mag - N.143 (Jun-2011)

Álbuns que estou a ler

COMANCHE – O Corpo de Algernon Brown de Hermann

As Águias de Roma - Livro II de Marini

Livro que estou a Ler

Braço esquerdo de Deus (O)

histórias recentes

Urban

Messalina - O Erotismo e ...

Sangue, sexo e cenários g...

Haven

KGB - Les Démons du Kreml...

Agents du Mossad

MEZEK

Le Chant d'Excalibur

Questor

Um Sac de Billes

Pavillon Noir

Lanfeust Odyssey

Cross Fire

Jeremiah - Fifty-Fifty

KOOKABURRA UNIVERSE

Histórias antigas

Novembro 2014

Setembro 2014

Fevereiro 2012

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Maio 2010

Abril 2010

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Novembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


tags

todas as tags

Biblioteca

pesquisar

 

Heroínas

Colombe Tiredaile

Laureline


visitante
blogs SAPO

subscrever feeds