Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

World of Banda Desenhada

World of Banda Desenhada

O sonho Americano desenha-se em Português

A revista BANG!, é uma revista dedicada à Fantasia FC, Horror e outras especulações, e tem sido distribuida gratuitamente nas lojas das FNAC.

O N. 10 tráz-nos um excelente artigo de João Lameiras, ver o blog pessoal, por um punhado de imagens, no qual nos apresenta o salto que a Banda Desenhada portuguesa deu até ao lado de lá do Atlântico e aterrou nos Estados Unidos.   

 João Lameiras aprsenta-nos alguns bons exemplos de desenhadores portugueses que estão a editar nos EUA.

Ricardo Tércio, João Lemos, Filipe Andrade, Nuno Plati, Jorge Coelho, Filipe Melo e Nuno Nobre, são exemplos desse para já sucesso.

 Além da surpresa que foi para mim, esta incursão de portugueses no mercado Americano, foi especialmente a excelência de algumas pranchas e a das personagens. 
 

Espero que a editora da revista Bang, a Saída de Emergência, que tem feito um espectacular trabalho na divulgação da literatura do fantástico e não só, não se importe com esta minha apropriação das páginas da revista, mas nao resisti.

Se poderem não percam este excelente artigo.

Erros

Este é um erro que não é muito díficil de detectar, já que não precisamos de ser especialistas em aviação.

Basta estarmos com atenção à porta do Jet para perceber que num lado, está à esquerda e no outro à direita...

 

Pandora Box, Tomo 5 de Juszezak e Alcante editado pela Dupuis.

 


Manga

Não é o meu estilo de eleição, longe disso, mas esta é uma história imperdivel. 

 

História (s) de uma jovem casada.

Amir Hargal, de vinte anos, é um recem casado com Karluk Eyhon de 8 anos.

A diferença de idades e de culturas é rapidamente descoberta por ambos.

Ela chega de uma aldeia de muito longe e do outro lado da montanha, para a sua idade ela sabe fazer muitas coisas. É uma excelente cavaleira, uma excelente atiradora com arco, e uma inacreditavel caçadora...

     

A história situa-se algures no século XIX, algures perto do Mar Cáspio. Esta é uma história de vida de muitas crianças ainda hoje em dia.

Bride Stories faz jus a estas crianças sem juventude.

 

Este é um fresco épico, humano e terno, de onde saímos com alguma raiva, mas com o coração cheio de energia.

 

BRIDE STORIES, Tomo 1 de Kaoru Mori 

Homossexualidade na BD

A homossexualidade não é completamente visivel na BD, apenas podemos supor quando algumas duplas nos aparecem.

Desde 1938 quando apareceram os primeiros super heróis, que cada vez se fala mais das minorias, sejam elas: Negros, Indíos, Asiáticos, Judeus, Muçulmanos e claro Homossexuias.

 

Os Super Heróis Gays são celibatários, mas isso agora acabou, com Apollo (versão Super-Homem) e Midnighter (versão Batman), do grupo Authority, criados por Warren Elis, quando no inal os dois se beijam.

Lanfeust Mag 143

Saiu neste mês de Junho de 2011 mais um número da revista francesa de BD, o Lanfeust Mag Nº143.

A capa é da série Trolls de Troy, com argumento de Arleston desenho de LJean-Louis Mourier e cor de Claude Guth.

 


Com o seguinte alinhamento de séries:

  1. Trolls de Troy - Boules de Poil - Tomo 15 a iniciar neste número
  2. Voyage aux Ombres
  3. Zombie - De La Brièveté de la Vie - Tomo 2 a iniciar neste número
  4. Noob - Les Crédits ou la vie -Tomo 4
  5. Lunna - Les Vagues du Temps - Tomo 7 a iniciar neste número
  6. Haven  - Exil  - Tomo 1 
  7. Les Naufragés d'Ythaq - L'Impossible Vérité - Tomo 9 
  8. Psychoparis - Premier Sang - Tomo 1

- Gags e Histórias Completas

  1. Le Blogustin de Augustin
  2. Bobby Zombie
  3. Contes Cruels
  4. En Plein dans le Mythe
  5. Tim
  6. Les Zorgs de Barbarie
  7. Gnomes
  8. Les Geeks
             
 

Fascículos do Tintin

Hoje finalmente completei o 3º ano daquela que para mim foi (é), a principal revista de Banda desenhada em Portugal.

Consegui comprar o número 19 numa belíssima capa de Jean Graton, do inesquécivel Michel Vaillant em "Rodeo" sobre duas rodas.

Agora faltam-me alguns do 2º e 1º anos.        

            

Hugo Pratt

 

 

A pinocothéque de Paris promove até ao dia 21 de agosto de 2011 uma viagem imaginária ao mundo de Hugo Pratt, mostrando 150 aguarelas do autor italiano cujo nome está associado ao universo da mais bela Banda Desenhada e à criação da personagem que ultrapassou todas as barreiras: Corto Maltese. Uma boa parte dos trabalhos são muito pouco conhecidos.

Podem ver um pequeno video com algumas peças desta exposição.

 

Pág. 1/4